MCP Clássicas ao Marão

18 de Outubro de 2020

Moto Clube do Porto e MotoTrofa

Drive teste na melhor estrada europeia para conduzir moto.

Foi debaixo de um sol convidativo e temperatura amena que no passado domingo, 18 de outubro, o Moto Clube do Porto e a MotoTrofa levaram as clássicas (acompanhadas por algumas primas mais jovens) a descobrir o Marão e o Alvão, nesta época vestidos com umas deslumbrantes cores de outono.

Foram 21 participantes, em 18 motos, que aceitaram o convite para rolar por algumas das mais bonitas e icónicas estradas que atravessam as montanhas do Marão e Alvão, e que se apresentaram na sede do Moto Clube da Invicta para tomar um café e ouvir o briefing. Após a saída (à hora marcada) fez-se a ligação até Amarante onde, ao entrarmos na N15 começou o verdadeiro prazer “arredondando” os pneus nas suas incontáveis curvas e apreciando a paisagem, sempre deslumbrante, da Serra do Marão; após passarmos no Alto de Espinho e descermos em direção a Vila Real viramos para a N304, agora conhecida como a melhor estrada europeia para rolar de moto, tendo aproveitado para, na Campeã, fazer uma pequena pausa para reabastecer e esticar as pernas. Realmente esta estrada é um verdadeiro deleite para a condução das motos, e as paisagens de tirar o fôlego, sobretudo quando, ao, atravessamos o Alto do Velão, pudemos apreciar toda a extensão das Terras de Basto e a grandiosidade do Monte Farinha! As Fisgas do Ermelo foram a paragem seguinte que, embora nesta altura menos grandiosa que no final do inverno, oferecem sempre uma vista espetacular, ainda antes de “estacionar as pernas debaixo das mesas” na aldeia do Ermelo (famosa pelos seus telhados de lousa) para degustar uma saborosa grelhada mista acompanhada por um divinal arroz de feijão e muito bem regado com o “refresco” da região. Para digestivo oferecemos a restante N304 até Mondim de Basto, com a incontornável subida ao alto da Senhora da Graça onde, além de fazer a fotografia de grupo, pudemos apreciar toda a beleza da paisagem envolvente, antes de rumarmos a Amarante, onde após as despedidas cada um rumou a casa.

O próximo passeio do Moto Clube do Porto é para outra “clientela”, os amantes das Trails, mas esperamos voltar a ter “casa cheia” no Passeio de Trails ao Minho!

GDPR