NA ROTA DO RIO MONDEGO

A descoberta do Mondeguinho

Às 9 horas de 4 de setembro lá estavamos todos na sede da Mototrofa para dar inicio a mais um passeio do MCP – Na Rota do Rio Mondego. Todos não!  Faltava o organizador/criador que não conseguia que a moto trabalhasse… coisas das tecnologias actuais que tem muitas vantagens e alguns inconvenientes….

Felizmente os pergaminhos com todos os segredos do passeio estavam tambem na posse de mais 2 membros do clube e o passeio pode começar naturalmente….
Primeira paragem, Cais da Ribeira de Pardelhas para tomar um café e relembrar outros passeios do MCP que por aqui passaram e até alguns episódios divertidos que aqui aconteceram!
Continuando por estradinhas rendilhadas passando por Estarreja, Salreu e direção Aveiro onde o almoço nos esperava no cais dos Mercanteis. As mesas com 6 pessoas dividiu o grupo momentaneamente mas juntou as escolhas do menu variado.
Estomagos reconfortados e partida rumo à Figueira da Foz, passando pela colorida Costa Nova, a lotada praia de Mira, a misteriosa Tocha e a bonita Quiaios que nos permite entrar na Serra da Boa Viagem e fazer uma estrada de montanha até ao seu Miradouro. Daqui temos uma das vistas mais bonitas e extensas do nosso país.
A passagem na Figueira da Foz é sempre um prazer, tanto pelo seu movimento, quanto pelo seu extenso areal!
O grupo de 15 motos e 24 pessoas mostrava-se consistente e o ritmo embora mais lento devido às características da estradas ia seguindo o Artur que entretanto se juntara a nós, já numa montada diferente.
Agora seguiriamos ao longo do Mondego, passando por Alfarelos, local de triste memória, quando em 21 de janeiro de 2013 se deu um grande acidente ferroviário.
Desta vez o grupo do MCP foi cumprimentado pelo Intercidades que passava no momento e que não deixou de apitar à medida que nos acompanhava ao longo da estrada N341.
Chegada a Coimbra onde depois de todas as “démarches” para fazer o check-in no Stay Hotel, só deu tempo para um breve chuveiro e juntar o grupo, que desta vez a pé, percorreu a baixa da cidade até ao Aeminium, onde fomos brindados com uns fados que compôs o óptimo jantar deste reconhecido restaurante.
Domingo, ordem de partida às 9h!
Objectivo: seguir o Rio Mondego até à nascente!
Missão: Mondeguinho!
Encontro com a N2, nossa conhecida de outros tempos e sempre um prazer em percorrer, paragem em Catraia de Mouronho para abastecer e tomar um café e seguindo para Oliveira do Hospital e logo mais à frente, em plena serra da Estrela, Seia, Sabugueiro, para atingirmos o objectivo deste nosso passeio, o celebre Mondeguinho, a nascente do Rio Mondego!
Ainda pelas estradas da Serra mais alta de Portugal, estávamos perto de atingir o segundo objectivo do dia….
Chegar a Gouveia onde iriamos almoçar e dar por terminado este lindíssimo passeio, com 600 kms percorridos em 2 dias e com temperaturas que chegaram aos 36° em Mangualde.
Cá vos esperamos para o proximo passeio do MCP.
por Paulo Beigel

GDPR