MARAVILHOSO PASSEIO A MUXIA!

29 e 30 de junho 2019

Moto Clube do Porto e MotoTrofa

Lobos do mar e sereias na costa do norte

No fim de semana de 29 a 30 de Junho reunimos 29 participantes e 19 motos para dar as boas-vindas ao Verão num bucólico percurso pela costa norte de Espanha. Organizado pelo MCP, o passeio teve o apoio da Mototrofa.

Eram 8h30, quando praticamente todo o grupo já se encontrava na sede da Mototrofa para partilhar o pequeno almoço oferecido pelo nosso patrocinador.

Ás 8h55 a atmosfera já vibrava de entusiasmo e expectativa ao ouvir o breve resumo do que seria esta aventura com informações importantes de como se deve conduzir em grupo, quem comandava a caravana e quem a ia fechar.

O Porto e Muxia – o nosso destino! – são separados por longos quilómetros de estrada, e uma vez que a parte inicial do trajecto é bastante descaracterizada, optamos por fazer a ligação ao norte de Portugal pela A3 optando pela saída de Monção para entrar em Espanha. Rolamos juntos, coesos até chegarmos a Arcade, onde demos início ao repasto de almoço em jeito de piquenique aproveitando o excelente dia que se fez sentir e o pequeno porto de embarcações junto à zona de merendas.

O troço seguinte prometia paisagens verdejantes com zonas ribeirinhas que assinalavam a presença refrescante da água praticamente ao longo de todo o percurso.

Atravessámos pequenas aldeias e lugares até chegarmos à costa, que nos brindou com vistas deslumbrantes do mar e das escarpas rochosas. Farol de Punta Nariga marcou um dos momentos altos do passeio pela sua beleza pitoresca e paisagens colossais.

De farol em farol, fomos desbravando a costa como velhos lobos do mar asfaltado surpreendidos com o horizonte infinito de praias de areia branca e fina e águas de um azul quase cristalino.

Pernoitamos em Camariñas num simpático hotel. Para obrigar o corpo a alongar percorremos a pé o caminho até ao restaurante que nos acolheu calorosamente. “Brigadinho” dizia o senhor a todos e de cada vez que trazia comida!! A refeição, completa e saborosa, e a noite amena inspirou uma tranquila caminhada pela marginal onde, aqui e ali fomos conversando sobre tudo um pouco! Satisfeitos com o dia preenchido de descobertas e paisagens que enchem a alma, fomos descansar para renovar energias para o segundo dia do programa.

O pequeno almoço foi servido bem cedo e às 9h arrancávamos em direcção ao mar!

Objectivo: Muxia, uma encantadora vila costeira abraçada pela água e pelo campo, terras de Caminho de Santiago calcorreadas por séculos e gerações.

Continuamos para Ezaro em Dumbria, e espreitamos a paisagem no seu mirador: ao longe pode ver-se a barragem, a queda de água, o porto de recreio e o mar, ao qual se acede por baixo de uma pequena ponte… Um cenário de fábula num reino mágico onde de repente parecem surgir pequenos duendes de chapéu em bico.

Do nosso elevado posto no cimo da escarpa fomos descendo até ao nível da água e deixamo-nos conquistar pela beleza quase irreal. Um pequeno tesouro escondido na bravia costa atlântica.

Ainda absorvidos por tão gloriosas imagens rumamos a Noia, onde nos aguardava o não menos surpreendente almoço. Foi na Taxca Tipica que saboreamos um verdadeiro manjar galego com a simpática recepção do seu dono, o “Santi”. O grupo foi unânime: numa escala de 1 a 10, a ‘casa’ do Santi tem uns merecidos 10 valores!

A boa disposição reinava e tudo estava a postos para o regresso, uns por estradas costeiras outros por autoestradas. O corpo e alma agradecem a experiência repleta de sabores e imagens de gentes de terra e de mar que a memória não esquecerá.

 

Fotos aqui

GDPR